Pages

7 de abr de 2011

Britney Spears Escrava dos Illuminati -"Hold It Against Me "

Britney Spears é um ícone pop que,
simultaneamente, encarna o glamour do estrelato e do lado destrutivo da
fama. Ela alcançou os altos do super-estrelato e baixos da humilhação
feita pelos tablóide. Seu comportamento errático levou a inúmeras
perguntas sobre sua estabilidade mental, mas a maioria desconhece o fato
mais importante: Ela é um produto de controle mental dos Illuminati.
Na verdade, o vídeo de "Hold It Against Me" simbolicamente retrata o
controle da manipulação mental pelo qual ela vai passar. Este artigo irá
olhar para os acontecimentos marcantes na vida de Britney Spears e o
significado oculto do vídeo "Hold It Against Me".

Britney Spears é o protótipo da
estrela pop moderna: jovem, sexy, polêmica e totalmente manipulada pela
indústria do entretenimento. Ela foi literalmente preparada desde a
infância por executivos da indústria para se tornar uma estrela pop. De
trabalhar na Broadway com 8 anos, o Mickey Mouse Club aos 12 para se
tornar uma pop star mundialmente famosa aos 17 anos, Britney é uma
criança do "showbiz" verdadeiro. Hoje, a maioria concorda que ela
atingiu o status de ícone pop. A revista Rolling Stone escreveu que
Britney é "uma das vocalistas mais polêmicas e bem-sucedida do século
21", e "comandou a ascensão do pós-milenar pop teen".

Apesar de seus sete álbuns de
sucesso e seu status de ícone, a maioria não se lembra de Britney Spears
pela sua música, mas pelo drama que cerca sua vida pessoal. Ela esteve
de fato envolvida em uma longa lista de controvérsias e boatos sobre
sua vida amorosa, seu passado, sua virgindade, o uso de drogas, sua
estabilidade mental e até mesmo suas habilidades maternas. Enquanto
alguns acreditam que Britney merece esse escárnio público devido ao fato
de que ela é uma "sem talento" em um estilo de vida decadente, outros
vêem em Britney os sintomas clássicos de uma jovem artista que passou
pela máquina devastadora  do controle mental da indústria do
entretenimento. Britney realmente tem muitos sintomas clássicos de uma
vítima de programação monarca. Além disso, o vídeo Hold It Against Me contém
muitas pistas visuais que fazem alusão à prisão mental de Britney.
Vamos olhar primeiro para alguns eventos significativos na vida de
Britney e como eles estão relacionados ao controle mental baseado em
trauma, daí veremos o significado oculto do vídeo Hold It Against Me.



Educada na Indústria de Entretenimento Illuminati

Embora seja difícil determinar
quais as celebridades que realmente são submetidas a programas de
controle mental baseado em trauma, Britney Spears exibe os sintomas mais
evidentes. Ela cresceu na área rural de Louisiana de uma família
atormentada com abuso de substâncias e violência, fazendo dela uma
candidata ideal para ser entregue à indústria. Aos oito anos, Britney e
sua mãe Lynne viajou para Atlanta para uma audição no The Mickey Mouse
Club em 1990. A diretora de elenco Matt Cassella indeferiu devido à sua
tenra idade, mas ainda assim ela a referiu ao seu agente Nancy Carson.
Britney foi introduzida então ao que Springmeier chama de "rede". Ela
então se mudou com sua mãe a Nova York e freqüentou a Professional Performing Arts School. Logo depois, ela conseguiu um emprego como uma substituta  em Ruthless -  musical da Broadway! com outras crianças indústria Natalie Portman.

Na idade de 13 anos, Britney foi finalmente lançada no Clube do Mickey e entrou no sistema de controle mental Illuminati Disney.


Britney Spears no Clube do Mickey Mouse. Outras estrelas nesta imagem: 
Christina Aguilera, Justin Timberlake e Ryan Gosling.

Mickey Mouse Club é um
dos muitos projetos da Disney que teve como objetivo recrutar crianças 
moldá-las. A empresa queria, obviamente, ganhar dinheiro com esses
jovens talentos, mas há também um lado mais sinistro para suas
operações. Disney tem sido utilizada pela elite oculta desde o seu
início em 1930 e tem trabalhado com o governo em várias ocasiões. Disney
foi contratada pelo governo para produzir filmes de propaganda
numerosas e até mesmo o próprio Walt Disney participou de projetos
secretos da CIA. Segundo vários pesquisadores, a Disney fez parte do programa da CIA, MK-ULTRA:
Suas propriedades foram utilizadas para os experimentos de controle
mental e muitas de suas produções deliberadamente contilham gatilhos de
controle mental e simbolismo.

"Este
autor teoriza que a razão que o FBI e a CIA são tão sensíveis sobre
deixar as pessoas saberem que Walt trabalhou para o governo é que a Rede
sabe como o FBI e a CIA trabalharam em conjunto para obter as crianças
para fins de programação de controle mental. Como Disney e Disneyland
tiveram um papel enorme no Controle Mental, a conexão da Disney para
eles, embora na superfície um fato aparentemente sem importância, é na
realidade um fato menor ajustado a um enorme segredo medonho. "
- Springmeier Fritz, Deeper Insights Into the Illuminati Formula

"CA-Disneylândia
tem sido um local para rituais satânicos Illuminati durante anos. A
programação tem funcionado usando a Disneylândia como um grande suporte
para programação. Muitos dos filmes da Disney são utilizados para a
programação, e alguns scripts Disney são especialmente adaptados para a
programação de escravo monarca. A programação Peter Pan pode usar o
navio. A programação do espaço pode usar os adereços do espaço. A
programação satânica pode usar os castelos. Um monte de programações de
espelho é feito na Disneylândia e Disneyworld. Há também programação
Magic Mountain, e programação utilizando o Around the World Dolls, e sua
música-tema. Alguns de O Mágico de Oz e da programação da Cinderela
também foram feitasna Disneyland usando trajes. Crianças pré-verbais são
levados para a Disneylândia para serem preparadas para os roteiros. "
- Fritz Springmeier, The Illuminati Formula to Create a Mind Control Slave

A participação da Disney no
controle mental também se reflete no The Mickey Mouse Club e suas
orelhas se tornaram um símbolo de controle mental.

"Em
1955, Walt Disney fez o seu personagem de desenho animado Mickey Mouse
real, criando um fã-clube do Mickey Mouse Club, que foi ao ar cinco
dias por semana, geralmente apenas  quando as crianças chegavam da
escola. Vinte e quatro crianças chamado Mouseketeers ajudaria Mickey, e
eles dançavam e cantavam e fazem sátiras. O Mickey Mouse Club adorava o
original  gorro Mickey Mouse com suas orelhas grandes montados de cada
lado do chapéu. Na década de 1950, os telespectadores do show queriam a
sua própria "Orelhas" e se tornar um Mouseketeer, especialmente as
crianças que estavam recebendo scripts Mickey Mouse em sua programação
total de controle mental. "
- Springmeier, op. Cit.


Uma vez um Mouseketeer, sempre Mouseketeer

Segundo a ex-Illuminati
programador Svali, cantores pop são usados ​​pelos Iluministas para
promover as suas mensagens e perpetuar a idéia de controle mental. Em
uma entrevista, Britney Spears e o Mickey Mouse Club "são
especificamente mencionados:

"Eu
acredito que Brittany Spears, e outros estão sendo usados ​​por eles
para cantar músicas que gostam. (...) Na verdade, muitos dos cantores
pop superiores vêm de um estágio com o "Clube do Mickey Mouse" (sim, o
bom e velho Império Walt, o iluminista) e eu acredito que eles são
oferecidos estrelato em troca de lealdade ou de controle mental. "
- Fonte "Entrevista exclusiva com o treinador / um programador Ex-Illuminati",

Programação Sex Kitten

Em 1998, a cantora assinou com a
Jive Records e lançou seu primeiro álbum solo, ... Baby One More Time.
Como é o caso de quase todas as estrelas adolescentes da Disney, a
imagem de Britney foi focada em uma mistura de inocência infantil e
sexualidade - a erotização da infância é hoje um tema recorrente na
cultura pop. É também o lance de Sex Kittens Illuminati (aqueles que
foram submetidos à programação beta) a ser retratado na mídia como
adolescentes de símbolos sexuais. Em seu primeiro vídeo, Britney está
vestida como uma menina da escola católica, cantando a canção sensual
"baby one more time". Alguns de seus photoshoots do início exploram o mesmo tema, causando polêmica.

Capa
de Rolling Stone 1999. Em sua primeira capa de revista, Britney está
em uma roupa sexy e segurando um boneco Teletubbies. A AFA disse que é
"uma mistura perturbadora de inocência infantil e sexualidade adulta".

Uma
foto de Dave Lachapelle (nada estranho de simbolismo de controle
mental) de mistura de inocência e sexualidade. As bonecas múltiplas
também são várias referências a uma programação Monarca de várias
personalidades.

Sobre a foto acima, Britney (que tinha 16 anos na época) alegou que Lachapelle enganou-a em um ensaio sexy:

"Sexy
superstar Britney Spears é Amante das fotos sensuais tiradas dela por
David LaChapelle para a revista Rolling Stone -, mas insiste que o
lendário a enganou.

A beleza
BOYS tinha apenas 16 anos quando LaChapelle a colocou em um quarto
rodeada de bonecas, e o produto final deixou leitores chocados ao redor
do mundo.

Mas Britney - que agora está orgulhosa das imagens - insiste que ela não tinha idéia de que viria a ser tão insolentes.

Ela diz:
"Ele entrou e fez as fotos e me enganou totalmente. Eles foram muito
legais, mas eu realmente não sei que diabos eu estava fazendo. E, para
ser totalmente honesta com você, na época eu tinha 16 anos, então eu
realmente não sabia.

"Eu
estava de volta no meu quarto, e eu tive a minha camisola e ele estava
como, 'Abra sua camisola um pouco mais." A coisa toda foi sobre eu estar
com bonecas e em minha mente ingênua Eu ficava tipo, "Aqui estão as
minhas bonecas!

"E
agora eu olho para trás e fico tipo, 'Oh meu Deus, o que o inferno?"
Mas ele fez um ótimo trabalho de retratar-me daquela maneira.
Certamente não foi o melhor. "

Tatuagens são muitas vezes
significativas na programação monarca. A primeira tatuagem de Britney
Spears - uma borboleta (a monarca é um tipo de borboleta), deixando uma
videira - simboliza o escravo emergente do sistema de linhagem da
elite. As tatuagens são a forma preferida dos Illuminati para
identificar escravos monarcas (veja a primeira tatuagem da ex-estrela
infantil da Disney Vanessa Hudgens).


 A borboleta deixando uma videira, primeira tatuagem de Spears.

"Uma
nota deve ser feita, que as agências de inteligência americanas
tatuado alguns de seus escravos, com borboletas azuis monarcas,
passarinhos, ou rosas, para fins de identificação. (...) ".
- Op. Cit. Springmeier.

Depois de alguns álbuns, onde
ela passou de cantar "Eu não sou tão inocente" e "I'm A Slave 4 U"
(podemos ser menos sutil?), Britney se tornou uma mulher completamente
crescida e uma veterana da indústria. Sua "consagração" para a indústria
Illuminati foi comemorada por Madonna em uma performance simbólica
durante o VMA 2003, ao lado da companheira Mouseketeer Christina
Aguilera.

Vestidas em vestidos de noiva, Britney e Christina se casaram com "Hollywood" pela Alta 

Sacerdotisa cabalista Madonna. Ambas as estrelas têm tatuagens Cabala de inspiração.


Colapso

Foi observado que anos de
programação monarca resulta muitas vezes em uma quebra em torno de 30
anos de idade. O abuso intolerável que esses escravos têm de viver não
pode ser sustentado ao longo de décadas, especialmente quando se está
sob escrutínio público permanente. Gente que passam por esse tipo de
vida, quase inevitavelmente, sucumbe ao abuso de drogas e comportamentos
auto-destrutivos. Quando sua programação começa a falhar, muitas vezes
eles morrem em circunstâncias misteriosas. Olhe para a vida dos
escravos monarcas como Marilyn Monroe, Judy Garland e de Anna Nicole
Smith e veja se você detecta quaisquer semelhanças. Felizmente, isso
não vai aconteceu com Britney.

Britney
como Marilyn Monroe (indústria sexual original de entretenimento).
Suas mãos estão vinculadas, simbolizando a contenção e falta de
controle. Você provavelmente vai perceber que a maioria das sex-kitten
da indústria posam como, ou se referem, a Marilyn Monroe em um momento
ou outro durante a sua carreira.

Nos últimos anos, inúmeros
eventos em torno de Britney Spears levou ao questionamento da sua
estabilidade mental. Muitos episódios estranhos, documentados por várias
fontes, mostram que Britney exibe o que frequentemente dizemos de
sintomas de um escravo monarca. Um deles é ter múltiplas personalidades.

Escravos monarcas são treinados
para dissociar e assumir personas alteradas, cada um deles com
características próprias e até mesmo com diferentes sotaques. Pessoas
próximas a Britney têm descrito esses sintomas precisa:

"Fontes agora
estão pintando um quadro muito preocupante de Britney Spears, ou quem
quer que acontece de estar a qualquer momento.

Nós
fomos ditos sobre a coisa toda do sotaque britânico - bem, é mais do
que um acento. Britney tem múltiplas personalidades, incluindo, como as
pessoas em sua vida chamam-na", a menina britânica." Fomos informados
quando Spears perde a personalidade britânica, ela não tem
absolutamente nenhuma idéia do que ela fez durante o tempo em que ela
assumiu a personalidade.

Fontes
dizem que Britney tem um número de outras identidades, onde ela se
torna "a menina chorosa, a diva, a menina incoerente", e assim por
diante.

Fontes
dizem que Britney havia se tornado a menina britânica no dia em que
não se apresentou para o seu depoimento e não tem lembrança dele. "

O comportamento recente de Britney Spears pode ser a desordem de personalidade múltipla, foi revelado.

A
identidade "favorita" da problemática cantora parece envolver o falar
com sotaque britânico, inspirado por seu último namorado, nascido em
Birmingham, paparazzo Adnan Ghalib.

Fontes
afirmam que a cantora, 26 anos, sofre de transtorno dissociativo de
identidade, o que leva os portadores a assumir várias personalidades e
dissociá-los da realidade.

Durante seu período turbulento
com Kevin Federline, surgiram muitos relatos sobre suas tendências
suicidas e sua suposta bissexualidade - outras características de uma
monarca Sex Kitten.

Provavelmente o momento mais
infame da vida pública de Britney é o incidente de raspar a cabeça. O
mesmo ocorreu no dia seguinte, ela foi internada para reabilitação -
"rehab" muitas vezes uma palavra-código para "programação". Ao olhar
mais atento para os detalhes desse incidente bizarro suportará todos os
sinais de um escravo de controle da mente de tentar se libertar do
controle do seu manipulador.


 Britney raspou a cabeça

Aqui está um vídeo de uma testemunha para descrever o estado de espírito de Britney.












Então, Britney disse que ela
estava cansada de ter as coisas plugadas a ela (a cabeça) e não queria
que ninguém tocasse-a. Ela estava se referindo ao abuso dada por
manipuladores de seu controle mental? Ato radical de Britney, raspar a
cabeça pode ser uma tentativa desesperada de "derramar o seu antigo eu" e
reiniciar novamente. O que Britney se refere quando citam "coisas
conectado a sua cabeça"? Um dos únicos exemplos em que algo está ligado a
cabeça de alguém é durante a terapia de eletrochoque, uma das técnicas
básicas de programação monarca (embora deva ser chamado de
eletrochoque para tortura).


 Mulher
submetida a terapia de eletrochoque. Usado em níveis mais altos, se
torna um método de tortura com eletrochoque utilizado para causar o
trauma em escravos monarca.

"Eletrochoque
é usado para criar a dissociação do trauma durante a programação, e
depois é usado para remover lembranças após o escravo levou a cabo uma
missão, ou para instilar o medo e a obediência de um escravo relutante.
Os escravos geralmente carregam memórias no corpo de excruciante
torturas de eletrochoque por todo o corpo. Quando os escravos iniciar um
processo terapêutico de desprogramação irão recuperar essas lembranças
terríveis, para não mencionar muitas outras lembranças dolorosas. "
- Springmeier, op. Cit

Apesar de várias tentativas de
Britney para se libertar, ela ainda está sob o controle dos Illuminati. A
prova de fidelidade de uma celebridade pode ser encontrado no corpo do
escravo de trabalho. As celebridades são realmente usadas ​​para
propagar o simbolismo relativos ao controle da mente e se escondem em
plena vista modus operandi dos Illuminati. Hold It Against Me é mais um exemplo flagrante desta agenda que o vídeo retrata simbolicamente do controle de Britney pela indústria.


 Hold It Against Me

 Hold It Against Me foi
dirigido por Jonas Akerlund. Não diferente de Telefone (Lady Gaga), o
vídeo não tem absolutamente nada a ver com a letra da canção. Enquanto a
música é, aparentemente, sobre ter sexo com um desconhecido e se
reunir em um clube (promover a promiscuidade com os adolescentes é
sempre parte da Agenda), no vídeo não há nenhum cara, nenhum clube e
nada de sexo. Nós só vemos Britney, presa em um pesadelo modernista
gigante cilíndrico, anexado às linhas venosas e usando um vestido de
casamento. O vídeo dá a música um outro significado: Torna-se sobre o
controle mental de Britney e seus alter-personas. É a história da
indústria clássica Illuminati da "boa garota ficou má" e todos os
símbolos rituais e códigos de cores descritos nos artigos anteriores
são bem aparentes.


 dispositivos de alta tecnologia do monitoram e programam
Britney em sua prisão de controle mental.

No início do vídeo, Britney
aparece em um imenso cilindro composto por monitores de televisão e
câmeras de vídeo. Esse espaço simboliza a "prisão de mídia" de Britney.
Como os escravos do controle mental ela é constantemente monitorada por
seus manipuladores usando câmeras. Ela também está sendo "programada",
enquanto monitores continuamente exibem imagens de vídeos anteriores
de Britney. Ela está fechada para o mundo exterior e só podem ver as
imagens que são alimentados a ela, que são em si mesma como retratado
por manipuladores.

Britney está vestindo um vestido
de casamento branco que aponta para o aspecto ritualístico do vídeo. O
vestido branco simboliza a pureza e a inocência de Britney no início
do processo. Isto, naturalmente, muda.

Para enfatizar ainda mais o controle mental de Britney, ela é mostrada anexada a tubos intravenosos (IV).


 Britney conectada a tubos intravenosos.

Terapia IV é a doação de
substâncias diretamente na veia. Ele é usado em hospitais para entregar a
medicação, transfusões de sangue e injeções letais. Ele também é usado
na programação monarca.

"O que se segue é uma lista parcial das formas de (controle mental baseado em trauma) Tortura: (...)

16. Drogas para criar a ilusão, confusão e amnésia, muitas vezes dada por injeção ou por via intravenosa.
17. Ingestão de produtos químicos tóxicos ou intravenosos para criar dor ou doença, incluindo os agentes de quimioterapia. "
- Lacter Ellen P., Ph.D, Kinds of Torture Endured in Ritual Abuse and Trauma-Based Mind Control

"Se
um alter não está sendo cooperativo quando eles são acessados, podem
ser encaixados no lugar mentalmente e dado uma injeção rápida de uma
droga de ação rápida de indução hipnótica. Uma droga que era popular
para a programação foi demerol, que seria administrado por via
intravenosa (a IV). Demora cerca de 07/05 minutos para fazer efeito
integral após a administração através de um IV A dose pode ser
administrada de modo que o efeito permaneça até que a sessão de
programação seja longa. "
- Springmeier, op. Cit.

Durante o refrão da canção, Britney magicamente levita.


 Observe a cabeça de Baphomet no cilindro, 

enfatizando a natureza oculta no controle de Britney.

No vídeo, o refrão é o momento
em que Britney se dissocia e, portanto, simbolicamente levita. No
controle mental real, o escravo dissociativo fica com uma sensação de
tontura, como se estivesse flutuando. A letra do refrão enfatiza o
conceito de realidade, fugindo, em outras palavras, dissociando:

Se eu dissesse que meu coração estava batendo forte
Se pudéssemos escapar da multidão de alguma forma
Se eu dissesse que quero seu corpo agora
Será que você o seguraria contra mim

Porque você se sente como o paraíso
Eu preciso de uma noite de férias
Então, se eu disse que quero seu corpo agora
Será que você o seguraria contra mim

Devido à dor e tormento vivido
pela vítima de controle mental, dissociando realmente "sente-se como o
paraíso", como o escravo deixa de sentir dor física. Eles são
incentivados por seus alimentadores para escapar ao seu "lugar feliz".
Em outras palavras, eles precisam de umas "férias ".

Embora Britney esteja levitando, sem olhos, estranhos dançarinos surgem em seu vestido.


 Seres sem olhos aparecem enquanto Britney é levitada

A falta de olhos destes
bailarinos dá-lhes uma qualidade não-humana. Eles representam os
espíritos / demônios atribuído à mente dos escravos de controle durante
os rituais ocultistas conduzidos por seus assessores?

Após a cena de dissociação, o
próximo passo da programação Monarch é simbolicamente representado: a
criação da persona alterada. Isso acontece em um ritual grande bagunçado
onde Britney vestida de branco fica suja e consumida.


 Esta
foto de um olho com duas pupilas é mostrada por cerca de metade de um
segundo. No entanto, é muito significativa: representa a existência de
duas personalidades dentro da mesma pessoa.

sorriso tenebroso logo antes da transformação.

Durante o colapso da música, as
linhas de Britney IV começam a derramar tinta colorida (em vez de
sangue?) Em todo o seu vestido branco e os monitores mostrando imagens
de sua juventude. É o sacrifício de sangue, a sujidade da sua inocência,
o abuso ritual que ela deve tomar a partir de seus controladores.


 A suja e consumida Britney.

Enquanto isso acontece, uma
outra cena mostra duas Britneys lutando - uma representação visual do
que acontece na psique do escravo: a batalha entre duas personalidades.
Dois combates de Britney, ostentando cores diferentes, representando a natureza distinta de cada personagem.

No final da batalha, uma nova
Britney emerge do processo. A partir da Britney pura e inocente vestida
com um vestido de noiva branco é criado uma má versão Sex-Kitten de
Britney, que está vestida de couro BDSM estilo preto e cercado por
homens usando máscaras.


 A nova Britney

A transformação de Britney está
completa em mais outro vídeo explorando o tema "boa garota ficou má
através do controle mental" - um tema que todas as estrelas pop
femininas aparentemente tem que atravessar. A metamorfose ritual de pura
promiscuidade, retratada por outras estrelas, incluindo Rihanna
(Umbrella), Lady Gaga (Bad Romance), Christina Aguilera (Not Myself
Tonight), Mariah Carey (It's Like That) e muitos outros, teve lugar mais
uma vez. Jovens telespectadores testemunham mais outro ritual que é
escondido em símbolos e códigos de cores.

Conclusão

Britney é, sem dúvida, um ícone
pop moderno usando tanto do lado inspirador e repulsivo da fama. Ela
realizou o seu sonho ao longo da vida de se tornar uma cantora de
sucesso, mas esse sucesso exigiu que ela se tornasse parte de um escuro,
sistema de manipulação abusiva. Das muitas estrelas pop promovendo a
agenda do controle mental dos Illuminati, Britney é um dos casos mais
evidentes de um escravo monarca real. Nós olhamos alguns eventos onde
Britney exibiu sintomas típicos de um escravo de controle mental, mas
muitos outros exemplos poderiam ter sido adicionados. Embora seja fácil
ridicularizar o comportamento e o trabalho de estrelas pop, a maioria
das pessoas não tem absolutamente nenhuma idéia da dor e do trauma que
essas pessoas têm de sofrer para ser o centro das atenções. A razão por
que algumas estrelas são capazes de permanecer popular e obter airplay é
porque eles são parte do sistema. Britney faz parte dela e, neste
momento, eu não acho que ela tem muita escolha. Como fantoches da
indústria, ela é ainda obrigada a retratar seu controle mental em suas
próprias obras.

O vídeo dirigido por Akerlund Hold it Against Me simbolicamente
retrata o processo de controle da mente e transformação oculta em uma
forma semi-subliminar. O uso constante desse conceito na cultura pop
tem vários objetivos, incluindo: insensibilidade dos telespectadores ao
simbolismo do sistema e os motivos, obrigando os artistas a passar por
mega-rituais testemunhado por milhões de telespectadores, e se
escondendo na cara a verdadeira natureza da indústria. Segundo a
filosofia dos Illuminati ocultistas, é seu dever cármico revelar suas
ações (seja em uma questão, subliminar codificada ou não): esconder e
revelar é o jogo que eles jogam.

Críticos de Hold it Against Me disse que "Britney não
parecia envolvida no vídeo e não estava parecendo estar se divertindo".
Você se divertiria, se você fosse forçado a reviver um trauma que tem
experimentado por toda sua vida?

5 comentários:

  1. Foi mal, mas a Britney é uma das únicas cantoras fora dessa onda, eu creio. Além disso seus argumentos são péssimos, abraço!

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita pena dela, coitada :(
    Queria que ela pudesse se livrar disso tudo

    ResponderExcluir
  3. Isso é interessante já imaginava que houvesse uma politica de marketing da fama porém não acreditava se tratar até de rituais satânicos, ela é polemica realmente. Que pena Deus tenha misericórdia dela e de seus apadrinhados.

    ResponderExcluir

Just Fama Pelo Mundo

Procure aqui